Chegando lá!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Dia legal.

Passei o dia alegre, bem humorada.


A casa está razoavelmente arrumada, a gula sob controle, minha filha linda, saudável, feliz...
No entanto,  na parte da tarde, mais precisamente, no entardecer, quase sempre me bate uma melancolia,uma angústia e um medo de algo que não sei definir, só sinto. Ô cabecinha confusa essa minha! Se eu pensar racionalmente , não tem nenhuma razão pra me sentir assim e é isso que estou lutando pra ser: Mais racional, menos  fantasiosa, por assim dizer.


Só quero cultivar coisas boas, pensamentos alegres e não dar ouvidos a esses pensamentos tolos que me acometem. Acho que sou meio viciada em entristecer. Já me peguei pensando: "- Está tudo bem e agora?"
Ai, como às vezes minha cabeça me prega peças! Eu só quero viver e conseguir viver cada momento o mais intensamente possível. Tenho muita dificuldade de viver o hoje, o agora. Estou sempre adiando minha felicidaee para o dia seginte. Como se esse fosse meu lado B, minha vida paralela e a vida que irei viver e ser feliz é onde estarei magra, estudando, com a casa arrumada, cabelo e unhas impecáveis. Isso é uma forma de me proteger e não me jogar na vida.Repito os mesmos 'rituais" diariamente e assim, me sinto protegidinha.
Um dia de cada vez e assim eu vou conseguindo.

10 comentários:

Danielle disse...

Sabe que as vezes tb me sinto assim, e eu nunca quero sentir isso tristeza, mesmo estando bem feliz, eu tenho medo as vezes de ficar muito feliz fico sempre a pensar ai meu Deus o que vai acontecer de ruim, ou seja eu me bloqueio de ser feliz , considero isso sabotagem mas sei que já melhorei muito e que cada dia vou fazer mais por mim e como vc disse um dia de cada vez para se viver desejo a ti um ótimo fim de semana

CLÉLIA TAVORA disse...

isso é comum sabe!tambem me sinto assim as vezes meio melancolica!é so nao deixar essa melancolia nos derrubar ne!
beijokas!
força sempre!!

Lú Pinheiro disse...

Oi amiga...
eu tb sou assim, se eu deixar os meus pensamentos soltos eles sempre me levam para uma tristeza que eu não sei de onde vem...
o ocupar a mente é a melhor coisa a fazer...
bjinhos flor

Drica disse...

Pense positivo sempre....coisas boas são sempre bem vindas, então foque nelas.

bjbj e ótimo fds

Renata disse...

talvez vc não saiba mas... eu sou meio louca. De verdaade! rrsr... eu preciso me concentrar... sempre! se não, minha cabeça me leva pra caminhos e sensações tão reais que eu começo a chorar ou a ficar com um medo terrível.. coisa de doida. sei que me entende! sempre acho que vou morrer cedo e fico meio que preparando as coisas e as pessoas a minha volta...rsrs... tá vendo?! mas concentração é a chave! concentrar-me no agora.. em soluções e não nos problemas... em aproveitar e não pensar em como poderia ter sido... em ser feliz! devagar a gente consegue! bjão!

Nira disse...

Só posso ter dizer uma coisa: Está bem, sem problemas nem situações complicadas? Então curta esse momento, meu bem, pois ele lhe derá forças na hora em que você tiver de enfrentar momentos difíceis. Se você não vive os bons momentos que a vida te oferece, acabará ficando com a sensação de "vida não vividA"! Pense nisso, tá?

Cecília disse...

Eu já pensei que sou viciada em entristecer também! Achei que era doida por isso... mas é assim, do nada bate uma angústia e você não sabe o que pode estar ruim. As vezes eu até escuto música triste pra piorar a angustia pra que eu enxergue o motivo, e ele nunca aparece.
Temos que viver o que há de bom, desviciar... Tudo de bom, linda! Beijo

CLÉLIA TAVORA disse...

OI VIM FAZER UMA VISITINHA E TE DESEJAR UM EXELENTE DOMINGO!!!
BEIJOKAS FORÇA SEMPRE!!!

Alexsandra Souto disse...

Olá Adri, vim te visitar e desejar um ótimo domingo!!
Beijão grande
Alê

Nira disse...

Meu bem, li seu comentário no blog e posso dizer que nem sempre tive a sabedoria de esperar o momento certo das coisas acontecerem. Isso, se existir um momento certo!
É muito bom saber que sua dieta está engrenando. Ponto pra você, afinal, as rédeas da sua vida tem de ser comandadas por você. E se você não tomar uma atitude para mudar, acredite: ninguém poderá tomá-la por você. Quando não estamos no comando de nossas vidas, temos uma grande tendência a cair na armadilha de permitir que os outros tomem as decisões por nós. E depois ficamos nos lamentando pelo que não deu certo quando a culpa de não termos feito como queríamos foi nossa por não termos tomado qualquer iniciativa! `Posso te orientar no que diz respeito ao método de estudo para os concursos: Estudo pra concursos há dez anos, prestei dezenove provas e passei em três. Não é fácil.
Além de tudo você tem de ter uma mentalidade prática: Eu, por exemplo, me adapto facilmente a qualquer tipo de trabalho, desempenhando meus afazeres com prazer (sem gostar do que faz, não dá, não é?) desde que meu contracheque cubra minhas contas no fim do mês. E pra gostar do que faz, basta se educar pra isso: pensar nas partes do serviço que mais lhe agradam e terminar logo de fazer as que você não gosta. Sempre caprichando em tudo pois se fizer mal-feita a parte de que não gosta, acabará tendo de fazê-la de novo, rsrs.
Sugiro que quanto aos estudos, você não se assuste diante do volume de matéria a ser estudado, afinal o mundo não foi feito em um só dia, e pelo que pude depreender de seu comentário, você tem um longo caminho pela frente. Procure com algum conhecido, uma apostila dessas de um concurso qualquer que já tenha acontecido. A matéria não difere muito de um concurso para outro. Leia a matéria sem pressa, começando pela que gostar mais, pra ter incentivo, e tente resolver os exercícios. Você pode tirar xerox dos mesmos para a cada revisão tentar resolvê-los novamente. Pra começar, como não está acostumada, estude somente uma a duas horas, uma só matéria a cada dia. Com o tempo você vai pegando o jeito.
As matérias exigidas em quase todo concurso são português, matemática, direito constitucional e administrativo. Dê notícias pra depois eu poder te dar mais dicas, ok?