Chegando lá!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Só 100 gramas a menos mas tá valendo...


Foi uma semana muito cheia de arranhões e só diminuí 100 gramainhas mas tudo bem, essa semana vou tentando fazer melhor. Hoje saí pra caminhar e corri um pouco.
Meu problema continua sendo a noite pois me bate uma larica por doces...

Hoje tive uma conversa bem séria com meu marido e ele me falou , entre outras coisas que se sente só pra resolver os problemas pois eu fujo das coisas ou sou frágil demais pra certos assuntos. Me disse que o contrato no trabalho dele pode ou não ser renovado , já que é um cargo de confiança e ele tem que se preparar pra isso também...eu não havia pensado nisso, achei que ele teria pelo menos mais um ano de "estabilidade". Mas não, em janeiro, tudo pode mudar e ele pode ficar ou não. Que está correndo atrás de outras coisas pra não ficar acomodado . E que eu preciso também reagir.
Quando fui caminhar pensei e pensei e realmente, acho que fico me poupando e ele fica com muita carga pra ele...me deu uma angústia grande pensando em todos os compromissos que temos (prestação do apartamento, escola, plano de saúde) e como é importante que ele continue no cargo. E o que eu posso fazer por nós ,pela nossa família é economizar (sou gastadeira demais) e estudar, estudar muito pra concurso ,já que com 38 anos , o mercado privado está fechado pra mim.
Vou tentar não entrar em pânico e viver um dia de cada vez.

Minha "libertação" está sendo primordial pra mim. Tanta coisa que eu perdi, tantas festas, tantas idas a  restaurante, idas ao cinema, tudo , tudo que eu vivia, me controlando ao máximo pra não engordar nem um quilinho...vivendo em função da balança, de quanto estaria pesando no dia seguinte...eu não vivia, era controlada pelo meu corpo e pela comida. Perdi a espontaneidade, o gosto pela vida por que tudo girava em torno do que comer ou o que não comer.
Cheguei a ir a provas de concurso público com fome pois não queria sair da dieta restritiva que me impunha. Logicamente, fazia uma prova horrível.
Claro que não estou 100 por cento mas sinto que estou evoluindo. Quero ser magra sim mas com aparência saudável. Que ro viver, minha vida é agora e não quando estiver com meu peso ideal ou quando minha barriga estiver tanquinho...quero ser feliz hoje, agora!!

4 comentários:

Dani disse...

Oi Adriana!!

Q bom q vc está pensando assim, a hora de ser feliz é agora, hoje...se amanhã vc estiver de bem com seu corpo ótimo, mas não deixe de ser feliz nunca!!!

Apreoveite cada minutinho.

Olha, tenho certeza q Deus vai cuidar de vcs e dará tudo certo no emprego do amore ;D

bjinhus

Dida - Futura Ex-Gordinha disse...

Ai amiga!
Ore e peça que Deus ilumine a vida de vocês!
Estou torcendo!
Beijos

Lilith disse...

Não exija tanto assim de você, ser feliz só depende de vc e não de estar magra, empregada, etc... a felicidade mora dentro da gente!!!
Lute para ser feliz, sempre!
beijão
Lilith

Nira disse...

fico feliz em ver que você está encontrando seu caminho.